Abrir menu Fechar menu

Agenda Cultural

“Sampladélicos ”



E se as aldeias invadissem as cidades? E a memória fosse dançada! 
A ficção da música portuguesa a gostar dela própria: "E se toda a música de dança de repente largasse as máquinas e fosse feita de sons orgânicos gravados em Portugal, nos montes, nas aldeias, nas cidades; vozes, adufes, bombos, flautas, cavaquinhos, sarroncas e sirenes (...)?” Tiago Pereira e Sílvio Rosado, juntam a vontade de tornar a música cada vez mais humana à vontade de distorcer sons, tradições, lugares confortáveis. Masterizando uma nova revolução em cada som, os Sampladélicos misturam o que se ouve com o que se vê, para depois ser o público o re-criador da fusão do que se dança.

Sílvio Rosado, músico e Tiago Pereira, documentarista, criam uma performance audiovisual a partir das gravações de práticas musicais ou ambientes sonoros de um determinado local. Construindo por um lado um arquivo vivo de documentos de uma música/sonoridade identitária local, que pode ser consultado e que mantém a memória viva, e por outro lado a desconstrução desse mesmo arquivo/memória, permitindo que a comunidade se reveja e se questione e ao mesmo tempo criando um espaço lúdico de fruição onde se pode dançar a memória ou seguir uma história.
O espectáculo audiovisual manipula som e imagens gravados ao vivo, desafiando os mais  reticentes sapatos de baile, numa pista de dança que actualiza a tradição, projectando sobre ela o presente e o futuro.



Ficha Artística
Computador, mistura de vídeo e áudio: Tiago Pereira
Computador, mistura áudio e drum pad: Sílvio Rosado


Classificação Etária
M/6


Informações
Bilheteira: 239 857 191
Projeto Educativo e de Mediação de Públicos: 239 857 193
bilheteira@coimbraconvento.pt


Geral: 10€
Desconto para menores de 12 anos, maiores de 65 anos e grupos (a partir de 10 elementos): 8€






+ Info

Para mais Informações e Pré-Reservas

Para Mais Informações